O projeto

 

projeto
Ao viajar pelo interior do Brasil como turista, observava as crianças e suas infâncias livres, lembrando da minha própria, passando férias na casa dos avós no interior de São Paulo. Percebia tanto em comum: autonomia, uma relação próxima e espontânea com a vida dos adultos e com o ambiente e cultura do lugar onde vivem. Experiente no projeto de livros, como designer, e aguçada pela vivência como mãe, decidi aprender mais: estudei antropologia da infância, escrita criativa, retomei textos e desenhos guardados e juntei coragem para preparar um projeto de literatura para contar um pouco destas infâncias tão ricas.

…devemos lembrar que está no campo da cultura a diversidade de elaboração e utilização de capacidades humanas universais.

Clarice Cohn

Em 2013, com dois livros já escritos, fui privilegiada com o patrocínio especial do grupo Drogaria São Paulo, e parti para novas viagens. Foram experiências únicas, e, como pesquisadora, pude confirmar muito daquilo que já supunha, e descobrir muito mais. Passei períodos curtos em cada lugar, com o objetivo de ouvir as crianças, aprender com elas, e me inspirar para inventar uma história para cada experiência. Ufa! Voltava sempre extasiada e cheia de histórias e emoções diversas.

Escrevi e ilustrei, trabalhando na ficção um pouco de tudo o que aprendi nos lugares onde estive: as falas, as brincadeiras, os trabalhos, as escolas, as amizades, as famílias, um rio, aquele mar, cada terra, o artesanato, a música. Ao mesmo tempo, me preocupei em criar histórias com temas comuns, aquelas que podem acontecer com todos nós, de jeitos diferentes em cada pessoa e em cada lugar do mundo.

A experiência destas viagens trouxe para a coleção um compromisso com o leitor: espalhar um olhar de valor para cada lugar do país e suas características particulares e universais; e aproximar estas pessoas / personagens através de suas semelhanças, gerando o sentimento de pertencer, ser brasileiro, cada um à sua maneira.